Re: Esquema de ligação de recuperador de calor

Home Fórum Sistemas de recuperação de calor Esquema de ligação de recuperador de calor Re: Esquema de ligação de recuperador de calor

#290

Magalhães
Participante

Olá.

Para simplificar…. ponto rosa ou temperatura rosa é a temperatura a qual a a humidade contida num combustível se transforma em agua…. é mais complexo que isso mas pode ver aqui no wikipédia francês a definição mais correta, utilize um sistema de tradução online para traduzir para português.

Para evitar esse ponto de rosa (point de rosée…. em Francês) cada câmara de combustão deve ser aquecida até uma temperatura mínima (mesmo principio que os catalisadores de automóvel), por exemplo no caso de recuperadores a lenha  este nunca deveria funcionar a uma temperatura inferior a 60C° assim como a agua do retorno deveria ser controlada de maneira a não entrar demasiado fria no recuperador, isso mesmo é que provoca o famoso ponte de rosa que provoca pela mesma ocasião a formação daquele negro nas paredes do recuperador.

Existem uns passadores térmicos chamados (thermovar em França) que instalados na saída da caldeira ou recuperador não permite circulação em direção dos circuitos de aquecimento se a temperatura não da câmara de combustão não estivar suficientemente elevada, esse tipo de aparelhos não existe em Portugal, pelo menos eu nunca vi em varias instalações que já visitei.

Se instalar uma cadeira a lenha de marca alemã ele esta obrigatoriamente equipada com esse sistema (aqui em França) se instalar uma cadeira francesa ou espanhola ele não tem esse tipo de proteção mas a sua duração de vida vai ser dividida por 2.

Outra coisa que falta em protugal é a regulação de temperatura que vai para os radiadores, geralmente essa temperatura é regulada pela válvula térmica instalada no recuperador, mas eu acho essa regulação pouco eficiente, na maioria dos casos essa regulação térmica nem sequer existe, uma válvula de regulação ou de mistura 4vias seria mais adaptada, assim a economia de lenha seria bem mais importante.

Como eu já disse noutra das minha mensagens, já visitei uma instalação onde os radiadores estavam tão quentes que até estalavam “imagine uma criança que se encosta ao radiador”.

Outro ponto importante é o vaso de expansão via aberta que permite que a agua ferva dentro do recuperador contrariamente a um vaso fechado, na casa do meu pai a aqui saia a ferver para cimo do telhado, desde que eu arranjei aquilo esse problema acabou.

Outro ponto importante é o enchimento automático ou seja a válvula de descarga quanto mais renovar a agua da instalação, mais oxigénio injeta (a agua é composta de hidrogénio e oxigénio) na instalação, o oxigénio provoca a corrosão e a eletrolise entre os metais, como os recuperadores são em ferro e os radiadores são em alumínio, o metal menos nobre da instalação vai-se picar muito mais rápido.

O segredo da economia de combustível esta no calculo da instalação, geralmente em Portugal utiliza-se um coeficiente de 35calorias ao metro cúbico, esse coeficiente é “no meu ver” muito baixo o que provoca aquelas faixas negras por cima dos radiadores.

Enfim existem vários pontos que se podiam melhorar mas os instaladores fazem mal, e continuam, temos de dizer que é preciso garantir trabalhos de manutenção né verdade.