Termo-acumulador eléctrico de agua quente e principio de funcionamento

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

O termo-acumulador de agua quente eléctrico é fácil a pousar a instalar, a manutenção é também da mais fáceis existentes sobre todos os tipos de produções de agua quente.

Os termo-acumulador eléctricos podem-se pousar, no chão (grandes capacidades), no chão sobre um tripé, pendurar nos muros, de maneira horizontal ou vertical conforme a capacidade, a marca e o tipo de pousa.

Características

esquentador

As capacidades disponíveis para este tipo de aparelhos são de:

  • Esquentadores eléctricos instantâneos
  • 15 litros.
  • 25 litros.
  • 50 litros.
  • 75 litros.
  • 80 litros.
  • 100 litros.
  • 150 litros.
  • 200 litros.
  • 250 litros.
  • 300 litros.
  • E capacidades superiores em certos casos.

As resistências

A resistência é o elemento que fabrica o calor dentro do cilindro, existem dois tipos de resisténcias.

A resistencia blindada.

E o tipo de resistencia que équipa os cilindros de entrada de gama, está metida dentro da água e tem o inconveniente de poder atingir altas temperaturas e favorisa o desenvolvimento de tártaro.

Nota: todas a resistencias de maquina de lavar et resistências para termo-acumuladores inox, são resistências blindadas que estão dentro da agua.

As resistências stéatite

Equipa cilindros de melhor qualidade, não estão dentro da água nem sequer em contacto com ela, encontram-se dentro de uma camara estanque que esta dentro do cilindro, desta maneira é possivel cambiar a resistência sem esvaziar o cilindro.

Este tipo de resistências são de tamanho mais importante que as resistência blindadas, o que lhe permite uma temperatura de serviço mais baixa, o que permite a ajudar a lutar contra a formação de tártaro dentro do cilindro.

Os ânodos de protecção

O ânodo em magnésio é concebido para proteger a cuba contra a corrosão devido a acidez da agua, o anodo se consome devidamente com a idade, convém mudar esta peça todos os dois ou três anos consoante a acidez da agua no local onde o cilindro esta instalado (3 anos em média na zona minho) assim como limpar a cuba também.

Os ânodos em titânio quase que não se consomem, por esta razão a manutenção dos termo-acumulador é mais espaçada que os termo-acumulador com ânodos magnésio.

Os anodos ACI , (anodo a corrente interposta), não se consomem, consistem somente a enviar uma impulsão eléctrica de baixa tensão, para a agua afin de neutralizar as sua propriedades corrosivas e destruir as partículas responsáveis pela formação de tártaro.

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

19 Replies to “Termo-acumulador eléctrico de agua quente e principio de funcionamento”

  1. Gostava de saber se consigo encontrar um termoacumulador de cerca de 250 litros que dê para o aquecimento solar e tambem para aquecimento electrico obrigado

    • Isso mesmo, é natural que encontra… um termo-acumulador com serpentina integrada e com resistência elétrica.

      Aqui vai um exemplo daquilo que vc procura.
      termo-acumulador com serpentina e solar ou lareira
      Neste caso ele funciona com lareira, mas é igual….

  2. Tenho um termoacumulador elétrico de 100L, e hoje parou de aquecer a água, e ele tem menos de 3 meses. Por favor, sabe me dizer as possíveis falhas e como solucionar elas ? Obrigada

    • Ola dona Vitoria.
      Com os elementos fornecidos vai ser praticamente impossível de pousar um diagnostico, mesmo assim vamos tentar…

      Acho mesmo que a senhora deveria verificar au nível do quadro eléctrico ver se ele não esta em baixo.
      Se tal for o caso, ligue ele novamente.
      Verifique também ao nível du comando de temperatura, aumente ligeiramente.

      Aconselho que depois de verificar estes dois pontos, se o problema ainda existe é melhor chamar o instalador, caso você tente desmontar algo, vai cancelar a garantia.

  3. Boa tarde . Tenho um termoacumulador gemaki 50 l ,estou com ele a fechar curto ,pode ser a resistência? O ânodo já está bem desgastado ! E onde posso encontrar peças na região de Alverca ou lisboa.desde já muito obrigado!!

    • Ola sr. Bruno Barbosa, obrigados pelo seu comentário.
      Vou-lhe responder tendo en conta que a sua válvula e segurança, “ou seja grupo de segurança” é idêntico ao grupo apresentado na imagem.

      Grupo de segurança nos cilindros sob pressão

      Passo a lhe informar que o rolo principal da válvula de segurança e de vazar uma gotas durante o período de aquecimento da agua dentro do cilindro.
      Consoante a temperatura regulada no termostato, essas gotas podem atingir 3% du volume do cilindro.

      S a sua válvula vaza umas gotas sempre em permanência, quer dizer a q sua pressão é muito elevada e estragou a válvula.
      Neste ultimo caso a única solução e trocar a válvula, e acrescentar un redutor de pressão antes da válvula.
      Ver mais sobre esse assunto. Dispositivos de segurança nos termo-acumuladores
      Boas festas Natalícias

  4. Ola, boa noite.
    Gostaria de ter uma ideia do que sera mais economico.
    Ter o cilindro em permanencia na temperatura que desejo, ou baixar para a minima e voltar a levantar a temperatura, quando necessitar.
    Tenho um edesa tre 50 supra

    • A opção que propõe é sensivelmente mais económica mas isso vai-lhe causar desconforto, pois quando necessita de agua bem quente não a vai ter visto que o cilindro demora pelo menos 1 hora a aquecer a agua…
      Se me disse se que tinha um cilindro de 200 litros instalado num local que não favorisa o arrefecimento, e que o desligava durante dois três dias antes de voltar a ligar, eu até diria que seria a melhor solução, mas no seu caso un cilindro de 50 litros, acho que não vale a pena estar a tentar economizar desse jeito.

  5. Olá boa noite comprei um termoacumolador de 15 litros, liguei o a corrente eléctrica a saia fumo dele mas aquecia a água após algumas horas e várias tentativas desligou o quadro e penso que queimou a resistência, nunca mais aqueceu

    • Se o ligou antes de o encher, é natural que ele tivesse queimado. tente devolve-lo mas não é certeza que eles que o vendedor aceite pois quando for a desmontar vão se dar conta que foi ligado antes de ser cheio.
      Se o encheu completamente antes de o ligar a corrente et depuis ele avariou, nesse caso devolva-o onde o comprou para que eles o troquem ou para que o reembolsem.

  6. Boa tarde, tenho um termoacumulador de 300L há 3 anos. Não suporta 3 banhos, em média penso que não aguenta mais de 20 min água quente. Não dispara o quadro. A temperatura está a 80ºC. O que devo fazer?

    • Penso que é necessário esvaziar o seu termo-acumulador e ver o que se passa.

      Se for um termo-acumulador inox, penso que ele não tem escotilha de inspeção.

      Ou o seu termo acumulador esta carregado de tártaro et não transmite calor suficiente a agua, senão a cana de saída interna pode estar quebrado o desgasta pela acidez da agua…

  7. Bom dia. Tenho um termoacumulador Fagor Ecotronic adquirido à 2 anos. Funciona muito bem. Comecei a ver àgua a pingar. Tirei a tampa de plástico que se encontra no fundo do termoacumulador e verifiquei que caía uma pinga por um terminal inserido numa peça de plástico. Verifiquei no manual que essa peça é o ânodo electrónico. Coloquei uma cola de maneira a vedar essa pinga. Gostaria de saber se será algum problema do ânodo, se terá de ser substituído ou, como é electrónico, não será preciso. Também verifiquei no manual que, quando o ânodo avaria, aparece uma mensagem no visor (E3) indicando que o ânodo está avariado. Obrigado

    • Ola sr Rodrigues.

      Penso que a minha resposta não lhe vai agradar, mas é a justa que lhe posso dar.
      Primeiramente temos de saber que todo o termo-acumulador que vaza sem ser na válvula de segurança, é sinal que esta furado.
      O sr diz que pinga ao nível da penetração du terminal que recebe o contacto do anodo, isso é sinal que existe uma fuga ali naquele local.
      Não conheço especificamente este modelo de termo-acumulador, mas segundo o que o sr diz, trata-se de um termo-acumulador com anodo ACI, o que quer dizer que é um anodo sem manutenção.

      Lamento mas acho que o seu termo-acumulador precisa da intervenção de um profissional,
      Vai ter que cortar a corrente et desligar → esvaziar → desmontar o alçapão de visita → para avaliar o local de fuga.
      Depois terá que reparar se for possível ou trocar o bloco completo.

      Se a sua agua for de nascente, furo artesiano, poço, mina ou se o sr resida na zona norte, principalmente litoral, é bem possível que a agua seja muito agressiva et provoca demasiado corrosão dos metais. Se tal for o caso mais vale se virar par um termo-acumulador em aço inoxidavel.
      Eu sou do Minho e posso-lhe dizer que as aguas aqui nas freguesias ao rodo são muito corrosivas.

      • Muito obrigado. A minha dúvida principal era se seria preciso substituir o ânodo. Fiquei esclarecido. Irei fazer o que me aconselha. Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Virificação anti-spam *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.